Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Ney Franco se empolga com o retorno de Cañete e prevê melhora

Campinas (SP)

O retorno do argentino Cañete aos gramados deixou o técnico Ney Franco empolgado. O jogador voltou a participar de um jogo do São Paulo no último domingo, no empate sem gols com a Ponte Preta, e ganhou elogios de seu comandante após realizar a sua primeira partida oficial na temporada 2012.

“Pelo pouco que o Cañete jogou, a gente percebeu que vai nos ajudar muito na próxima temporada”, comentou Ney Franco. O treinador acompanhou toda a recuperação do atleta no Reffis e só pôde escalar o meia depois que o departamento médico confirmou a sua recuperação completa de uma cirurgia no joelho.

Contratado do Boca Juniors em 2011, o armador passou toda a temporada lesionado e ainda acumula mais dois anos de contrato pela frente. Com 22 anos, o atleta custou R$ 5 milhões aos cofres são-paulinos e será uma importante peça para compor o elenco tricolor na próxima Copa Libertadores.

Substituto de Paulo Henrique Ganso no empate contra a Ponte Preta, o meia deve fazer sombra para os armadores considerados titulares por Ney Franco no São Paulo. O comandante tem a sua confiança no meia Jadson questionada pela torcida e poderá alternar entre os dois jogadores para manter viva a briga por titulares.

Além de Cañete, o comandante também poderá apostar em jovens jogadores para compor o elenco em 2013. Uma de suas apostas será Henrique Miranda, que foi escolhido para ser o substituto de Cortez no time que desafiou a Ponte Preta no último fim de semana, em Campinas.

“É um bom jogador da base, está trabalhando conosco, sendo preparado para servir a nossa equipe no futuro. Joga em uma posição em que um jogador está muito bem, o Cortez. Teve oportunidade e fez bem a função dele”, encerrou o satisfeito Ney Franco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade