Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Rogério Ceni aponta falhas na defesa e vê justiça em virada gremista

Porto Alegre (RS)

Os jogadores são-paulinos abusaram das lamentações após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio, neste domingo, no Olímpico. Este posicionamento, contudo, não foi utilizado para expressar a visão do goleiro Rogério Ceni. O atleta não aprovou a atuação tricolor no confronto e garantiu que a virada gaúcha exemplificou bem o que aconteceu nos 90 minutos da partida.

"O Grêmio jogou mais que o nosso time no segundo tempo, não marcamos como deveríamos. Eles foram mais incisivos”, comentou o ídolo, que fez a sua primeira partida após anunciar a renovação de seu contrato. Na última sexta-feira, o atleta se reuniu com a diretoria em São Paulo e anunciou a sua permanência por mais uma temporada no Morumbi.

Com 39 anos, o goleiro foi eleito o ‘homem do jogo’ neste domingo e ainda deixou a sua marca pela segunda vez no Brasileiro. Aos 43 minutos, Ceni abandonou a sua meta e foi até a área gremista para cobrar a penalidade sofrida por Osvaldo. Sem chances de defesa para Marcelo Grohe, o arqueiro mandou no canto oposto e garantiu a vantagem na etapa inicial.

O tento deixou o estádio Olímpico em silêncio no intervalo, mas não contribuiu para que o Tricolor pudesse deixar Porto Alegre com a vitória. Na segunda etapa de jogo, os gremistas dominaram o time de Ney Fraco e exigiram uma série de defesas difíceis de Rogério Ceni. Embora tenha afastado boa parte das bolas que ameaçavam o seu gol, o goleiro não conseguiu impedir André Lima e Marcelo Moreno de decretarem a virada.

Com a derrota, o São Paulo ficou estagnado nos 59 pontos e dificilmente conseguirá alcançar a tão sonhada vice-liderança do Brasileiro. Na quarta colocação, o Tricolor precisará tirar uma vantagem de sete pontos aberta pelo próprio Grêmio e terá apenas três rodadas para alcançar tal feito. A próxima partida do clube será realizada no próximo domingo, contra o Náutico, no estádio do Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade