Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

São Paulo lamenta não ter 'segurado o jogo' após gol no 1º tempo

Porto Alegre (RS)

Os jogadores do São Paulo parecem não ter assimilado bem a derrota sofrida para o Grêmio, por 2 a 1, neste domingo. Após o time abrir a contagem no primeiro tempo, os comandados de Ney Franco não conseguiram suportar a intensa pressão depositada pelos donos da casa e deixaram o estádio Olímpico praticamente incapacitados de alcançar a vice-liderança do Brasileiro.

A meta fora traçada pelo comandante tricolor após o time arrancar no Brasileiro e tomar o posto que era ocupado pelo Vasco no G-4. Quarto colocado, com 59 pontos, o São Paulo precisará de uma combinação de resultados para tirar os sete pontos de vantagem para o próprio Grêmio, que ultrapassou o Atlético-MG e se garantiu na segunda posição depois do complemento desta 35ª rodada.

Com o objetivo cada vez mais inalcançável, os jogadores são-paulinos se limitaram apenas a lamentar o resultado obtido em Porto Alegre e classificar a impotência paulistana no segundo tempo como o principal obstáculo neste confronto. “Estávamos na frente, tínhamos o resultado na mão e demos o empate para o Grêmio. Não conseguimos sair para reverter e tomamos o segundo gol. Foi isso que aconteceu”, resumiu Osvaldo.

Agora, o São Paulo deverá adotar a Copa Sul-americana como a sua nova prioridade e buscar a pontuação mínima nestas últimas três rodadas do Brasileiro para impedir o Botafogo de alcançar a zona classificatória para a Libertadores. O próximo jogo do Tricolor será realizado no domingo, 18, contra o Náutico, no estádio do Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade