Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Treino mantém indefinição e Ney Franco planeja São Paulo ‘mesclado’

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Com a observação distante do técnico Ney Franco, o São Paulo realizou um treinamento leve na tarde desta sexta-feira, na capital paulista, para preparar o time que entra em campo no próximo domingo em clássico diante do Corinthians. Com partidas de futevôlei e atividade de dois toques, o time segue indefinido e só conhecerá sua formação titular no sábado, quando o treinador fecha as portas do CT da Barra Funda.

A tendência é que o Tricolor entre em campo com um time mesclado entre titulares e reservas, sendo que apenas o zagueiro Rhodolfo e o volante Denílson foram previamente cortados da lista de relacionados para serem poupados. Ao todo, 21 atletas se concentram para a partida, mas três serão cortados antes de domingo. Sem adiantar os nomes ou a escalação, Ney Franco garante que ele mesmo está confuso em relação a colocar em campo os mesmos jogadores que começarão a decidir a Sul-americana a partir da próxima quarta-feira.

“Será mescla. Meu pensamento hoje é esse, mas vou ficar o tempo todo escutando meus jogadores e o departamento físico. Tenho 21 convocados, três cortes para fazer e posso dizer que alguns jogadores que têm sido usado como reservas podem estar entre os titulares”, limitou-se a dizer o técnico do São Paulo horas depois de divulgar a lista de jogadores relacionados para o Majestoso. Após o encerramento do Brasileirão, o São Paulo terá dois compromissos diante do Tigre-ARG para conquistar a inédita Copa Sul-americana.

“Denilson e Rhodolfo estão fora em função da primeira final da Sul-americana, porque achamos justo em função de desconfortos que eles sentem, para evitar problema muscular. Vamos fazer um trabalho tático sábado de manhã, mas não dá para definir a escalação. Vamos na linha de utilizar jogadores titulares, mas não todos. Existe uma indefinição que não é de propósito, mas em cima de um compromisso que temos na quarta. Se algum titular reclamar, fica fora”, confirmou Ney Franco, que tem como desfalques apenas Fabricio, por lesão, e Paulo Assunção, suspenso.

A possível escalação do São Paulo para o confronto, partindo dos pedidos públicos de Lucas e Osvaldo para entrarem em campo, é a seguinte: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Edson Silva e Cortez; Wellington, Casemiro (Maicon) e Ganso; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano. Neste caso, seriam poupados Paulo Miranda e Jadson por desgaste.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade