Futebol/Seleção Brasileira - ( - Atualizado )

Felipão promete incorporar atletas experientes à Seleção Brasileira

Helder Júnior São Paulo (SP)

Mano Menezes tentou deixar a Seleção Brasileira mais experiente com Ronaldinho Gaúcho. Os resultados não foram satisfatórios. Pouco depois de Kaká ser incumbido da missão, o treinador não resistiu e perdeu o emprego. O objetivo de Luiz Felipe Scolari, o novo comandante do Brasil, é justamente incorporar maturidade a uma equipe que conta com jovens como Neymar e Oscar como destaques.

“Teremos, sim, experiência até a Copa do Mundo. Ainda estão aí um e outro jogadores experientes que já participaram da Seleção. Eles serão observados a partir desta semana e poderão ser convocados”, avisou Felipão, em visita a São Paulo para o sorteio dos grupos da Copa das Confederações, que será realizado no sábado.

Com a declaração do novo técnico da Seleção, as portas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ficam novamente abertas para atletas como Ronaldinho Gaúcho, o atacante Robinho, o lateral direito Maicon e o goleiro Júlio César - esquecidos por Mano Menezes e agora cotados a figurar em convocações. Felipão pretende contar com alguma dessas referências para orientar os seus novatos.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Luiz Felipe Scolari prometeu não fechar os olhos para os medalhões brasileiros em suas convocações
De qualquer forma, o treinador ressalvou que não é um fardo completo ter uma Seleção composta majoritariamente por jogadores sem muita rodagem. “Posso ver pelo prisma da falta de experiência, mas também pela possibilidade de os mais jovens terem uma gana maior de atingir os objetivos. Com sua jovialidade, eles podem superar as dificuldades. Há prós e contras. Prefiro enxergar os prós”, avisou o otimista Luiz Felipe Scolari.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade