Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bem sucedido, esquema com três atacantes pode ser mantido no Sport

Recife (PE)

A ousadia de Sergio Guedes ao armar o Sport para encarar o Vasco da Gama com três atacantes funcionou no Rio de Janeiro e foi fundamental para garantir a vitória por 3 a 0. Satisfeito com o resultado, o treinador não se surpreendeu com o desempenho da equipe e já começa a planejar a manutenção do esquema ofensivo.

Precisando tirar uma diferença de quatro pontos para Bahia Portuguesa, primeiros times fora da zona de rebaixamento, o Sport volta a jogar fora de casa na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando, no domingo, enfrenta o Figueirense, em Florianópolis. Para dar continuidade à arrancada pela permanência na eltie, o técnico promete manter o espírito ofensivo.

“Estávamos convictos que o esquema poderia dar certo e trabalhamos durante toda a semana. Mas os jogadores são os protagonistas e foram os responsáveis por essa atuação. Estou muito feliz e bastante satisfeito com que vimos. Realmente gosto de uma equipe ofensiva e confio na qualidade do elenco. Treinamos muito e temos qualidade para desempenharmos isso”, analisou Guedes.

Companheiro de Gilberto e Gilsinho no ataque do Leão, Felipe Azevedo marcou o primeiro gol da vitória em São Januário e voltou a ser decisivo. Animado com a atuação londe do Recife, o atacante lamentou os pontos perdidos dentro da Ilha do Retiro.

“Sempre falo, derrota em casa é jogo perdido. Independente de vencer fora, se ganhássemos do São Paulo na Ilha estaríamos fora da zona de rebaixamento. Foi um jogo perdido, que não volta mais. Agora o pensamento é o Figueirense, para levarmos a decisão para casa”, ressaltou o camisa 11, lembrando dos confrontos com Botafogo e Fluminense que acontecerão na capital pernambucana.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade