Tênis/Future de Foz do Iguaçu - ( - Atualizado )

Brasileiros caem nas semis e chileno leva título em Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu (PR)

O future de Foz do Iguaçu não foi nada bom para o tênis brasileiro. Depois de terem seus jogos adiados devido ao mau tempo na cidade paranaense, os representantes nacionais caíram nas semifinais e permitiram uma decisão 100% estrangeira, que terminou com título de Hans Podlipnik-Castillo, na noite deste sábado.

Principal favorito ao título, o carioca Fabiano de Paula começou bem a partida contra o argentino Patricio Heras e até chegou a vencer o primeiro set, mas permitiu que o rival virasse e perdeu com parciais de 6/1, 3/6 e 3/6.

Quem também foi eliminada nas semis foi o gaúcho Fabrício Neis, que até chegou a fazer um confronto equilibrado com o chileno Hans Podlipnik-Castillo, cabeça de chave número 2, mas foi derrotado em sets diretos, com placar de 6/4 e 6/3.

Na grande decisão, Patricio Heras e Hans Podlipnik-Castillo ficaram frente a frente e o representante do Chile acabou levando a melhor e conquistou o caneco com um duplo 6/4.

No Brasil, o calendário de futures segue por mais duas semanas, com o torneio de Gramado (RS), a partir desta segunda-feira, e o future de Porto Alegre, na sequência. As duas competições distribuem prêmio de dez mil dólares.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade