Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Com renovação indefinida, Juninho Pernambucano é punido pelo STJD

Rio de Janeiro (RJ)

De fora da equipe do Vasco da Gama nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro devido à fadiga muscular, Juninho Pernambucano ainda não sabe se permanecerá em São Januário em 2013. Dirigentes vascaínos e o empresário José Fuentes se reuniram nesta sexta-feira e a situação do jogador segue indefinida.

A intenção da cúpula cruz-maltina é oferecer um contrato semelhante ao assinado para esta temporada. Em 2011, quando retornou ao clube, o Reizinho da Colina aceitou receber apenas um salário mínimo, mas passou a ganhar por produtividade em 2012. A cada partida, especula-se que o meia receba R$ 50 mil, valor que pode subir de acordo com o rendimento e gols marcados.

Um dos fatores que pode pesar contra o Vasco é o momento financeiro vivido em São Januário. Com problemas para pagar contas de água e luz, o time carioca também sofreu para quitar dívidas e salários atrasados do elenco, questão que pode afastar Juninho da renovação contratual.

Apesar de já não fazer parte dos planos do técnico Gaúcho para as duas últimas rodadas do Brasileirão, Juninho Pernambucano foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta sexta-feira. Depois de mandar beijos à torcida do Sport na partida da Ilha do Retiro, o jogador fez gestos obscenos para os rubro-negros no Rio de Janeiro e foi denunciado pela promotoria por imagens de televisão.

Dessa maneira, o camisa 8 foi inserido no artigo 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e poderia ficar até seis partidas longe dos gramados, mas a defesa do Vasco conseguiu atenuar a pena para dois jogos.

Confirmado - Depois de uma semana de treinamentos, Gaúcho parece ter definido a escalação ideal do Vasco para o clássico diante do Flamengo, válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem contar com o zagueiro Fabrício, o lateral esquerdo Thiago Feltri, os meias Juninho e Felipe e o centroavante Alecasndro, o treinador deve mandar a campo Fernando Prass; Jonas, Douglas, Renato Silva e William Matheus; Nilton, Fellipe Bastos, Abuda e Marlone; Eder Luis e Tenório.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade