Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Gaúcho minimiza falha de Prass e manda o Vasco “seguir em frente”

Rio de Janeiro (RJ)

O erro de Fernando Prass no escanteio batido pelo Flamengo, aos 40 minutos do segundo tempo, culminou no cabeceio de Marcos González e no gol que decretou o empate por 1 a 1 no clássico deste sábado. Culpado pelo revés sofrido nos instantes finais do confronto, o goleiro vascaíno ganhou o apoio do técnico Gaúcho e saiu do Engenhão apoiado pelos demais cruz-maltinos.

“Fomos bem durante todo o jogo e tivemos um lance de infelicidade no fim da partida. Isso é coisa do futebol. O Fernando Prass fez grandes defesas ao longo de todo o jogo e não vamos nem lembrar disso. Manteremos o pensamento de seguir em frente no campeonato”, decretou o treinador.

Gaúcho também aproveitou para fazer uma rápida análise do monótono clássico disputado neste fim de semana. O comandante admitiu que o Vasco sofreu com a falta de entrosamento dos jovens que iniciaram o duelo como titulares e valorizou a postura aguerrida do Flamengo. Diante destes obstáculos, o técnico livrou sua equipe de qualquer crítica e aprovou o resultado final do clássico.

“Foi um jogo forte para os dois lados. Quem perde fica com um problema e quem ganha se mantém na felicidade. O Flamengo arriscou bastante no jogo e não tivemos a felicidade na qualidade do último passe. Se tivéssemos mais entrosamento, poderíamos ter tirado proveito disso. E o Flamengo também é uma equipe forte na parte ofensiva e tirou proveito disso”, concluiu.

Com o ponto somado nesta 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco chega aos 55 e continua no pelotão de frente do torneio. A equipe não tem mais chances de chegar ao G-4 da competição e apenas cumprirá tabela em sua última partida no ano. O duelo contra o atual campeão Fluminense será disputado no domingo, dia 1 de dezembro, no mesmo Engenhão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade