Futebol/Copa Libertadores - ( )

Galo disputará 5ª Libertadores de sua história sonhando com título

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A estreia, ainda sem data definida, vai acontecer contra o time do Morumbi ou o Bolivar-BOL, no estádio Independência. A história mostra que o Atlético-MG nunca perdeu para o São Paulo na Libertadores, o que pode significar uma estreia positiva se confirmado o retrospecto, e a equipe do Morumbi passar pela primeira fase.

Foram quatro jogos entre os dois times brasileiros, com três empates e uma vitória atleticana. Os confrontos ocorreram nas Libertadores de 1972 e 1978. Se o adversário alvinegro no primeiro jogo da fase de grupos for o Bolivar-BOL, o Atlético-MG apresenta um histórico de uma vitória e um revés na edição de 2000.

Ao todo o Galo tem quatro participações na Libertadores, em 1972,1978, 1981 e 2000. A edição de 1981 sem dúvidas foi a mais polêmica. O Galo figurou no grupo 3, ao lado de Cerro Porteño e Olímpia, mais o Flamengo. O Galo terminou empatado com os cariocas em número de pontos e teve que disputar um jogo extra, em Goiânia, para apontar o representante brasileiro no triangular semifinal.

A partida no Serra Dourada teve arbitragem extremamente confusa de José Roberto Wright, que expulsou o avante Reinaldo, maior estrela atleticana e advertindo com cartão vermelho outros atletas do Galo, deixando a equipe mineira sem condições de terminar o jogo por falta de atletas em campo.

Em 1972, a participação alvinegra na Libertadores foi apenas discreta, com o clube sendo eliminado na primeira fase, terminando o grupo 3 na última colocação. Já em 1978, o Galo passou sem dificuldades pela primeira fase, e foi para o triangular juntamente com River Plate e Boca Juniors e acabou eliminado. Em 2000, última participação do Atlético-MG, a equipe caiu nas quartas de final, sendo derrotado pelo Corinthians.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade