Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Pierre aponta manutenção da base e reforços como segredos do Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A temporada 2012 do Atlético-MG superou as expectativas da diretoria, jogadores e torcedores alvinegros. A equipe atleticana lutou até as últimas rodadas do Brasileiro de 2011 para escapar do rebaixamento, mas menos de um ano depois, o Galo já brigava para conquistar o título do Brasileirão, que ficou com o Fluminense, mas o futebol apresentado pelo Atlético-MG encantou muita gente.

O volante Pierre, que ajudou o time em 2011, aponta a manutenção da base e a chegada de reforços importantes nesta temporada, como fatores decisivos para que o Atlético-MG voltasse a brigar na parte de cima da tabela. O jogador cita Ronaldinho Gaúcho e Júnior César como atletas que encorparam o elenco alvinegro.

“A manutenção da base. Mesmo com todas as dificuldades acabamos o ano de 2011 com o objetivo alcançado, que era não cair. Essa manutenção de 2011 para 2012, fez com que a gente tivesse um começo de ano muito bom, e depois vieram os reforços, como o Ronaldo e o Júnior César, que chegaram e encorparam a equipe”, declarou Pierre em entrevista à Rádio Itatiaia.

O volante atleticano ainda aponta o bom ambiente do clube, e o apoio da torcida, como ingredientes importantes em 2012, e que podem ser decisivos na próxima temporada, para que o Galo entre nas competições, principalmente a Libertadores, pensando em ser campeão.

“O ambiente é maravilhoso no Atlético-MG. Todo mundo se gosta, e essa sintonia com a torcida é coisa impressionante, e vem dando certo. Espero que em 2013 continue assim, com a chegada de mais reforços, para que a gente entre nos campeonatos não somente para disputar, mas brigando pelos títulos”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade