Atletismo/Corrida Internacional de São Silvestre - ( - Atualizado )

Aline vence na categoria cadeirante em sua primeira São Silvestre

Bianca Mascara, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Em sua primeira participação na 88ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, Aline dos Santos Rocha terminou como a primeira colocada, com o tempo de 1h21min09s. A segunda colocada foi Gevelyn Cassia Almeida, que também participou pela primeira vez. Campeã no ano passado, Angelina Nascimento da Silva terminou como terceira colocada.

Vinda de Santa Catarina, Aline sequer conhecia o percurso antes da prova, mas não teve dificuldades graças à boa sinalização do evento. “Achei a prova muito bem organizada, foi muito tranquila e olha que eu nem conhecia o percurso”, contou.

Quem também estreou na competição foi a vice-campeã Gevelyn Cassia Almeida e a atleta já planeja novas participações. “Essa foi primeira de muitas”, declarou. “Eu tive um pouco de dificuldade no começo porque a borracha do aro soltou e a mão estava escorregando, mas estou muito feliz de, com tudo isso, chegar em segundo”, completou.

Ano passado a única representante entre as mulheres cadeirantes foi Angelina, que sempre marca presença na prova. “O percurso foi muito bom, mas não tive muita chance porque muita cadeira é inferior”, afirmou a veterana em corridas de São Silvestre.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Cadeirantes foram os primeiros a largarem pela 88ª Corrida Internacional de São Silvestre

Campeã superou acidente e ganhou incentivo do namorado

O resultado de Aline dos Santos Rocha na 88ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre foi surpreendente. A atleta terminou com larga vantagem em sua primeira participação na tradicional corrida e em pouco tempo de contato com o esporte, apenas dois anos.

A atleta ficou paraplégica quando ainda era adolescente e aos 21 anos conquista seu primeiro título em provas de longa distância. “Eu sofri um acidente de carro quando tinha 15 anos e antes eu nem fazia Educação Física. Eu demorei muito para conhecer o esporte, faz apenas dois anos, quando comecei em competição no meu estado”, revelou a catarinense.

Para iniciar no esporte, Aline teve o apoio do namorado e treinador, Fernando Orso, um dos incentivadores para que ela se arriscasse na prova de 15 quilômetros. “Antes eu só participava de competição de 100, 200 ou 400 metros. Hoje foi o dia que eu mais corri na minha vida”, ressaltou.

Confira os resultados da prova feminina para cadeirantes:

Aline dos Santos Rocha – 1h21min09s
Gevelyn Cassia Almeida – 1h29min53s
Angelina Nascimento da Silva – 1h40min04s

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade