Atletismo/São Silvestre - ( - Atualizado )

Oitavo em Londres, cruzeirense acelera por Réveillon com a mãe

Bruno Ceccon e Felippe Rodrigues São Paulo (SP)

Oitavo colocado na maratona dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, Paulo Roberto de Almeida Paula é uma das esperanças do Brasil na Corrida Internacional de São Silvestre. Satisfeito com a largada na manhã de segunda-feira, ele planeja passar o Réveillon ao lado da mãe.

“Para mim vai ser melhor largar de manhã, porque assim que terminar a prova vou pegar o voo para Presidente Prudente e comemorar o ano novo com a minha mãe. Então, vou tentar ser o mais rápido possível na corrida”, declarou Paulo Roberto, que acompanha a São Silvestre desde os cinco anos, quando a prova ainda era disputada à noite.

Além da largada no período da manhã, algo inédito na história da corrida, a organização determinou a volta da chegada à Avenida Paulista. O que não mudou foi a presença dos competidores africanos, principais concorrentes dos atletas brasileiros na briga pela vitória.

“Minha preparação foi boa e os treinamentos estão encaixando. Pretendo fazer uma grande prova. Os estrangeiros vêm para abrilhantar a prova e espero que nós, brasileiros, possamos fazer o melhor e até vencer. Torço para que um brasileiro ganhe, seja quem for”, declarou.

Aos 33 anos, Paulo Roberto pretende disputar os Jogos Olímpicos de 2016 na maratona. Com Marílson Gomes dos Santos, tricampeão da Corrida Internacional de São Silvestre, como exemplo, ele sabe que precisa planejar as próximas temporadas de forma cuidadosa.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Paulo Roberto de Almeida Paula aprova a largada pela manhã e planeja passar Réveillon com a mãe em Prudente
“Depois de Londres, eu e meu técnico já focamos 2016. Como estou me dando bem na maratona, vamos priorizá-la e tentar seguir os passos do Marílson de competir menos. Vou ter 37 anos, uma idade que pega um pouco, então temos que ser inteligentes a cada ano para disputar as Olimpíadas novamente”, explicou.

Desta forma, Paulo Roberto não participará de algumas provas no Brasil para competir no exterior. A Corrida Internacional de São Silvestre será a última do atleta com a camisa do Cruzeiro – Luís Fernando, irmão gêmeo do atleta, também deixará o time mineiro.

A largada da elite masculina da São Silvestre está prevista para as 9 horas (de Brasília) de segunda-feira, 20 minutos depois da partida da elite feminina. Giovani dos Santos, atual campeão da Volta Internacional da Pampulha, e Damião Ancelmo de Souza são outras esperanças do Brasil na corrida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade