Basquete/Bastidores - ( - Atualizado )

Em 2013, CBB planeja homenagens e resgata história do basquete

São Paulo (SP)

A história vitoriosa do basquete brasileiro será relembrada em 2013 com uma série de homenagens as Seleções campeãs. Também neste ano, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) completa 80 anos, mais um motivo para comemoração com os jogadores que marcaram presença ao longo desses anos.

A primeira homenagem prevista será em maio, quando se completa 50 anos da conquista do Campeonato Mundial Masculino, no ginásio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, em 1963.

“O título do Mundial de 1963 foi um marco na história do esporte mundial. Comandada pelo técnico Kanela, a seleção brasileira venceu um a um seus adversários, especialmente as potências Estados Unidos, União Soviética e Iugoslávia. Com essas homenagens continuamos resgatando a história vitoriosa do basquete brasileiro e premiando nossos eternos campeões” ressaltou o presidente da CBB, Carlos Nunes.

Em agosto, mais datas comemorativas. Serão os 65 anos da primeira medalha olímpica, nos Jogos de Londres, em 1948, e os dez anos o bicampeonato dos Jogos Pan-Americanos, em Santo Domingo 2003. Já o mês de outubro marca os 35 anos da medalha de bronze no Campeonato Mundial das Filipinas, em 1978.

Para encerrar o ano de homenagens, é a vez de comemorar os 80 anos da CBB, fundada em 25 de dezembro de 1933. “O basquete brasileiro vem colecionando títulos e medalhas aos longo das últimas oito décadas. Vamos homenagear esses esportistas que fazem parte da trajetória vitoriosa do basquete brasileiro, relembrando as medalhas olímpicas, os pódios em mundiais e os títulos pan-americanos” acrescentou Nunes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade