Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

América-MG investe para ser um dos grandes do futebol brasileiro

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O ano do centenário do América-MG não foi da forma como a cúpula do Coelho esperava, já que o acesso para a Série A não aconteceu. A diretoria americana, porém, trabalha na reestruturação do clube, ampliando o patrimônio alviverde e projetando um América-MG entre os grandes do futebol brasileiro nos próximos anos.

Membro do conselho de administração do clube, Marcus Salum, destaca o aumento do patrimônio do América-MG, que além do estádio Independência, das reformas do CT Lanna Drumond, ainda inaugurou o Shopping Boulevard, e possui outras áreas valorizadas em Belo Horizonte.

“O América-MG tem um patrimônio que cresceu muito nos últimos anos. O Independência, um belo e moderno estádio; o shopping, que era um terreno cheio de penhoras e outros problemas, onde hoje temos a loja do Carrefour, um andar para a sede administrativa, e um terreno de 90 mil metros quadrados ao lado do CT Lanna Drumond”, declarou Salum, que lembra que a história era diferente há cerca de três ou quatro anos.

“Se olharmos para trás há três ou quatro anos, percebemos que o crescimento foi fantástico. Temos ainda o CT de Santa Luzia, o Três Barras e o clube da Pampulha. O Clube da Pampulha e o Três Barras são patrimônios que não rendem absolutamente nada. Pelo contrário, tinham dívidas com impostos e que agora não tem mais. A partir de agora, serão transformados em fontes de receitas para projetos de crescimento do clube”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade