Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Anselmo Ramon alega cansaço físico em acidente que matou ciclista

Camaçari (BA)

Anselmo Ramon ainda não compareceu à Delegacia de Camaçari, na Bahia, para explicar o acidente que matou um ciclista na manhã desse sábado. O atacante deve prestar depoimento só na segunda-feira, mas um representante do jogador do Cruzeiro já alegou que a explicação para o atropelamento é cansaço físico.

A informação foi passada pelo delegado Carlos Portela. O motivo do desgaste foi o fato de o atleta de 24 anos ter optado por viajar direto de Belo Horizonte para Camaçari, cidade onde nasceu. O argumento partiu de uma conversa telefônica do delegado com um representante de Anselmo Ramon.

A primeira análise dos policiais no local do acidente aponta a possibilidade de o jogador ter dormido ao volante no momento do acidente, já que não foram encontrados vestígios que apontavam tentativa de mudança no trajeto ou de frenagem – o veículo entrou cerca de 20m na mata saindo da rodovia BR-099.

Não foi possível fazer o teste do bafômetro no atacante, já que o atleta, com ferimentos nas pernas, braços e escoriações leves no rosto, foi socorrido antes da chegada dos policiais. Ednaldo de Souza Santos, de 48 anos, também sofreu apenas ferimentos leves, um dos ciclistas atingidos, já recebeu alta hospitalar e relatou o acidente.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Representante do atacante disse que ele estava cansado por ter dirigido de Belo Horizonte a Camaçari
“O carro estava rápido. Veio em uma carreira para cima de mim. Eu estava no meio do mato. Só vi o carro batendo na gente”, disse o ciclista à TV Globo. No depoimento à polícia, Ednaldo contou que ele e Cícero, que morreu na hora no acidente, voltavam de uma pescaria e ele parou para fazer necessidades fisiológicas. Cícero ficou à beira da rodovia e foi atingido primeiro pelo carro de Anselmo.

O corpo de Cícero, única identificação obtida pela polícia até agora, segue no Instituto Médico Legal de Salvador à espera de liberação. Até a manhã deste domingo, nenhum familiar apareceu. Já o Chrysler guiado por Anselmo Ramon, e que estava registrado com o nome de uma mulher, ficou com sua frente totalmente destruída.

De acordo com o delegado Carlos Portela, são muitos comuns os acidentes no trecho da rodovia BA-099 onde ocorreu o acidente, chamado de Via de Ligação e localizado entre as cidades de Camaçari e Dias D'ávila, na Região Metropolitana de Salvador. Como a estrada é “praticamente reta e muito bem pavimentada”, o local fica perigoso por favorecer abuso de motoristas que exageram na velocidade.

Anselmo Ramon está de férias desde domingo, quando o Cruzeiro foi derrotado pelo Atlético-MG na última rodada do Campeonato Brasileiro, e partiu para a Bahia para visitar parentes em Dias D'ávila. O jogador de 24 anos está vinculado ao Cruzeiro desde 2007. Passou a fazer parte do time profissional em 2011 e tem 67 partidas e 23 gols.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade