Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após lutar contra o rebaixamento, Jorginho não sabe se fica no Bahia

Salvador (BA)

No Campeonato Brasileiro 2012, o Bahia lutou contra o rebaixamento até a última rodada e conseguiu escapar com uma vitória sobre o Atlético-GO por 1 a 0 no último domingo. O técnico da equipe, Jorginho, um dos responsáveis pela fuga do descenso, afirmou que não quer continuar no time baiano se não for para brigar por títulos.

"Vamos ver se há interesse do Bahia em renovar o contrato. Eu nasci para ser campeão, não quero mais brigar contra rebaixamento na minha carreira, está louco, é muito desgaste, muita pressão e poucos frutos. Estamos negociando com o Bahia, tenho a intenção de permanecer, mas estamos em negociação", declarou em entrevista ao Cartão Verde

O presidente do Tricolor, Marcelo Guimarães Filho, já começa a se mobilizar para montar um time que dispute títulos em 2013. O mandatário identificou como principal problema do Bahia, o setor ofensivo, já que o time teve o pior ataque do Campeonato Brasileiro.

“Devemos focar no ataque. Os números provam que nosso ataque podia ter tido mais eficiência, embora o Bahia tenha jogadores muito bons, principalmente o Souza. O segundo turno mostrou que temos uma boa base. Ter esta base e poder repeti-la por pelo menos dois anos consecutivos é fundamental e acredito que no ano que vem o Bahia vai estar muito melhor”, disse o diretor ao Arena Nordeste

No final de 2012, os contratos de alguns atacantes se encerram e eles ainda não têm o futuro definido. Jones Carioca, Ciro e Júnior podem deixar o time antes do início da próxima temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade