Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Bianchi tentará convencer Riquelme a permanecer no Boca Juniors

Buenos Aires (Argentina)

Desejado por clubes brasileiros e com vontade de atuar no futebol do país, o meia Riquelme pode fazer de sua atual casa o seu destino em 2013. Recém-contratado, o técnico Carlos Bianchi usará de sua amizade pessoal com o jogador para tentar convencê-lo a seguir no Boca Juniors na próxima temporada.

De acordo com o jornal argentino Olé, Riquelme irá se encontrar com Bianchi na festa de casamento da filha do treinador, nesta sexta. Segundo uma pessoa próxima do meia, a ideia de reeditar com o treinador a parceria que venceu as edições de 2000 e 2001 da Libertadores seduz o jogador a voltar a atuar pelo Boca.

AFP
Após deixar o Boca em julho, Riquelme pode voltar a atuar pela equipe motivado pela volta de Bianchi
“Ele vai voltar a jogar. A Libertadores o motiva. Ele quer conquistá-la outra vez e isso pode ser decisivo, ainda mais com o retorno de Bianchi, com quem ele tem grande relação”, afirma a fonte, que não quis se identificar, ao diário.

Mesmo com contrato, Riquelme deixou o Boca Juniors após a derrota para o Corinthians na final da Libertadores deste ano. O principal motivo da saída do jogador, ídolo do time, era o relacionamento ruim com o técnico Julio Cesar Falcioni, demitido para a chegada de Bianchi.

Entre os clubes brasileiros interessados na contratação de Riquelme estão Palmeiras, Santos, Cruzeiro e Flamengo. Mais adiantado, o primeiro já enviou um email para abrir negociações com o meia, que estuda se vale a pena jogar a segunda divisão após a disputa da Libertadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade