Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Capitão do Náutico no acesso em 2011, Marlon tem futuro indefinido

Recife (PE)

O zagueiro Marlon não conseguiu repetir em 2012, a boa temporada com o Náutico na Série B de 2011, quando foi o capitão da equipe que garantiu o acesso à elite do futebol brasileiro. Uma série de lesões e uma cirurgia no ombro afastaram o jogador da equipe titular. Agora, o defensor tem o futuro indefinido no Timbu.

"Ainda está tudo indefinido, não se resolveu nada. Até agora ninguém me ligou. Tenho o desejo de ficar, sim, sem dúvidas. Infelizmente, essa minha contusão me atrapalhou muito. Fiquei sem jogar, o que é muito ruim”, explicou Marlon, que está de férias em Recife até a próxima quinta-feira e espera definir sua situação até lá.

O diretor de futebol do Náutico declarou que o atleta interessa para o clube e que não foi procurado ainda porque o time está dando prioridade a quem terminou a temporada como titular.

"Após os titulares, passaremos aos demais. Não adianta abrir negociação com todo mundo e não ter como fechar. Vamos fazer isso sucessivamente", afirmou o cartola alvirrubro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade