Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Celso Barros nega reforços e rechaça obsessão por Libertadores

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Atual campeão brasileiro, o Fluminense pouco movimentou o mercado neste fim de ano. Os tricolores confirmaram apenas a chegada do atacante Rhayner, que disputou a Série A pelo Náutico. O principal objetivo da diretoria foi manter o elenco para a próxima temporada. De acordo com o presidente da patrocinadora do clube, Celso Barros, novos nomes estão sendo discutidos pelo diretor-executivo Rodrigo Caetano e o vice de futebol Sandro Lima.

"Não estou sabendo de nada. As negociações estão com o Rodrigo Caetano e o Sandro Lima. No entanto, ambos estão viajando e como estou no Rio de Janeiro, não tenho mantido contato com eles", disse.

Celso Barros rechaçou que a conquista da Libertadores seja uma obsessão para o Fluminense. Para o dirigente, o objetivo dos tricolores é ser campeão de todas as competições que vão disputar.

"Não existe isso de obsessão. Assim como 2012, nosso objetivo será ganhar as três competições que vamos disputar em 2013. Além da Libertadores, queremos também o Carioca e o Brasileiro", declarou.

Mesmo sem confirmar, o Fluminense vem buscando alguns reforços no mercado e o nome mais próximo é o do lateral direito Wellington Silva, que estava no Flamengo nesta temporada. O clube espera o fim do vínculo do jogador com os rubro-negros, que acaba dia 31, para poder anunciar oficialmente o atleta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade