Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Chamusca promete ‘base forte’ na A2 e Lusa pode apostar em Corrêa

São Paulo (SP)

Anunciado como novo treinador da Portuguesa para a temporada 2013, Péricles Chamusca já iniciou os trabalhos em São Paulo para a montagem do elenco que disputa o Campeonato Paulista da Série A2 e o Brasileirão da Série A na próxima temporada. Em busca de uma ‘base forte’ logo no primeiro semestre, o comandante pode contar com um reforço experiente: o volante Corrêa, ex-Palmeiras.

Liberado pelo Verdão após o rebaixamento para a Série B do Brasileiro, o volante de 31 anos está livre para negociar e disposto a escutar a proposta da Portuguesa, de acordo com fontes ligadas ao atleta. Caso se confirme a transação, o jogador seria o primeiro reforço da equipe para 2013. Até o momento, só foram confirmadas as saídas do técnico Geninho e do atacante Bruno Mineiro, emprestado pelo Atlético-PR ao Al Khor, do Catar. Além disso, Ananias está próximo do Cruzeiro e Luis Ricardo do Inter.

“É uma situação que vai exigir muita inteligência de nossa parte. A gente não pode esperar o fim da Série A2 do Paulista para depois pensar no Brasileiro, mas também são competições de perfis diferentes. Então a ideia é montar uma base forte já desde o começo do ano e que exija poucas mudanças para o segundo semestre”, discursa o treinador que será responsável pela montagem do elenco para a próxima temporada.

Péricles Chamusca foi uma das primeiras opções da diretoria da Portuguesa para assumir a equipe. Nesta quinta-feira, o treinador foi até o Canindé para negociar as últimas bases e assinar contrato com um ano de duração: "A negociação foi rápida porque se tratou de um interesse da Portuguesa e um interesse meu em lidar com este projeto. Quando isso ocorre, as outras questões de um negócio passam a ser secundárias".

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade