Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

“Com a Ferrari”, Ecclestone considera dez equipes o ideal para a F-1

Londres (Inglaterra)

Nome forte da Fórmula 1, já que preside a Formula One Administration (FOA) e a Formula One Management (FOM), empresa que detém os direitos comerciais da categoria, Bernie Ecclestone considera o atual número de equipes no grid acima do ideal. Para o chefão da F-1, a categoria precisa de apenas dez equipes para ter sucesso, desde que uma delas seja a Ferrari.

"Prefiro ter dez equipes. Nunca quis 12. Com dez equipes tudo fica mais fácil de lidar para os promotores, para o transporte, coisas assim. Preferimos dez, mas desde que a Ferrari continue conosco", afirma o inglês, em entrevista à agência Reuters.

Desde 2010, a Fórmula 1 passou a ter doze equipes em seu grid, após a entrada de Lotus (atual Caterham), Virgin (atual Marussia) e Hispania. Esta última, porém, não irá participar da próxima temporada, já que passou por crise financeira e não acertou os pagamentos de inscrição para 2013.

Segundo Ecclestone, a Hispania não irá fazer falta à Fórmula 1. Quando perguntado se considerou a possibilidade de ajudar a equipe a manter-se de alguma forma em 2013, Bernie foi categórico. “Acho que ninguém iria querer isso”, dispara.

AFP
Após Bernie Ecclestone negar ajuda, Hispania não irá compor o grid da Fórmula 1 em 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade