Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Dinamite volta atrás, promete conversa, mas já descarta Felipe

Rio de Janeiro (RJ)

Depois de rebater o diretor técnico René Simões e negar a saída de Felipe, o presidente Roberto Dinamite mudou o discurso e admitiu que o meia veterano não faz parte dos planos do Vasco para a próxima temporada. Prometendo resolver o assunto internamente, o mandatário prega respeito ao ídolo da torcida, mas já considera a situação irreversível.

Em entrevista à Rádio Globo, Dinamite confirmou a definição do assunto: "Sobre o futuro do Felipe, eu já conversei com o René Simões. Ele está descartado, mas ainda iremos conversar com o jogador. É uma situação interna e vamos resolver da melhor maneira possível."

Assim que a saída for oficializada, Felipe irá se juntar a Juninho Pernambucano e Fernando Prass, grandes pilares da temporada de 2011, quando o Cruz-Maltino faturou a Copa do Brasil e brigou até a última rodada pelo título do Campeonato Brasileiro.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Felipe teve temporada irregular, criticou atraso nos salários e agora foi descartado por Roberto Dinamite
O meio campista protagonizou algumas polêmicas durante 2012. Alegando lesão muscular, foi flagrado jogando futevôlei na praia no dia da partida em que seria desfalque e irritou o então técnico Cristóvão Borges. O treinador, inclusive, foi alvo de críticas do camisa 6 e pediu demissão dias depois.

Sem conseguir tirar o clube da má fase, o treinador Marcelo Oliveira também deixou São Januário e foi mais um a ouvir críticas de Felipe. O contrato do veterano tem validade até o final de 2013 o Gigante da Colina aguarda propostas para não ter de deixar o jogador encostado do elenco de Ricardo Gomes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade