Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Fluminense exalta manutenção de elenco e minimiza falta de reforços

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Fluminense continua atenta ao mercado e busca a contratação de reforços para a disputa das competições que estão por vir em 2013, como a Copa Libertadores, uma prioridade. Porém, desde que deu a volta olímpica até esta quarta-feira nenhum nome foi anunciado, apesar de especulações e noticiários falarem em negociações com o lateral direito Nei, que deixou o Internacional, e com o meia argentino Darío Conca, insatisfeito no futebol chinês.

 A impaciência de parte da torcida não chega a ser compartilhada pela diretoria, que adota a cautela como grande arma. Na visão do diretor executivo do departamento de futebol, Rodrigo Caetano, é preciso levar em consideração alguns fatos importantes, como o Tricolor ter conseguido manter a base que em 2012 conquistou os títulos do Campeonato Carioca e do Brasileirão.

Até o momento o único negociado foi o lateral direito reserva Wallace, revelado nas categorias de base do clube e que vai se transferir para o Chelsea, da Inglaterra, no meio do próximo ano. Além dele, também deixou as Laranjeiras o lateral esquerdo Carleto, que também era reserva no time do técnico Abel Braga e que retornou ao São Paulo, dono de seus direitos federativos e que se negou a fazer um novo empréstimo.

“Acredito que o grande trunfo, a grande contratação do Fluminense para a próxima temporada é a manutenção do elenco e do Abel Braga. Nosso grupo se mostrou muito forte e são jogadores que interessam ao mercado, mas que estamos conseguindo manter no plantel para os desafios que estão por vir em dois mil e treze, principalmente a Libertadores”, disse o diretor.

Bruno Haddad/Fluminense F. C.
Wallace foi o único jogador negociado do grupo campeão brasileiro do Fluminense
Abel Braga entende que a manutenção de mais de noventa por cento do elenco para a próxima temporada é algo que vai falar favoravelmente ao Fluminense em 2013. O treinador fez rasgados elogios ao grupo.

“Hoje o Fluminense conta com um grupo de profissionais sérios, jogadores que estão fechados com os objetivos do clube e que se mataram em campo pelas conquistas que tivemos. Todos superaram os momentos de dificuldades, lesões, tensões para ajudar um a outro a levar o nome do Fluminense ao lugar mais alto. Além disso, o relacionamento é ótimo, o melhor possível. Tenho convicção de que os jogadores entendem tudo o que falo e me respeitam porque sabem que existe transparência”, afirmou o treinador.

A ideia da diretoria do Fluminense é ter o elenco todo fechado em 3 de janeiro, quando acontece a reapresentação do grupo. Durante dois dias, os jogadores passam por exames médicos e no dia 5, a delegação embarca para uma pré-temporada em Atibaia (SP). Depois, o plantel retorna para o Rio de Janeiro, no dia 16. A estreia na Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, será no dia 20 de janeiro diante do Nova Iguaçu, em São Januário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade