Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Gerd Muller elogia recorde batido por Messi: “Vai durar 40 anos”

Munique (Alemanha)

Quarenta anos após marcar 85 gols e se tornar o maior artilheiro da história do futebol mundial em uma mesma temporada (1972), o alemão Gerd Muller foi superado neste domino, quando Lionel Messi marcou duas vezes na vitória por 2 a 1 do Barcelona sobre o Real Betis, em Sevilha, e bateu seu recorde a três partidas do encerramento de 2012 – o clube espanhol ainda enfrenta Atlético de Madri, Valladolid e Córdoba antes da virada do ano.

Após sustentar a importante marca pessoal por 40 anos, o campeão da Copa do Mundo de 1974 pela Alemanha acredita que o argentino vá conseguir manter o recorde por mais 40 anos. Apesar dos elogios a Messi, Muller queria apenas que ele vestisse a camisa do Bayern de Munique, equipe que defendeu por 14 temporadas. O sul-americano já veste a camisa do Barcelona há 12 e está próximo de bater mais esse recorde.

“O meu recorde durou 40 anos e agora o melhor jogador do mundo conseguiu bater. Estou contente por ele, que é um jogador incrível, um nome importante para a história de futebol. Ele só tem um defeito, que é não jogar pelo Bayern de Munique. Mas trata-se de um profissional modesto, e espero que marque um ou dois gols a mais em 2012 para que seu recorde dure outros 40 anos”, torce o ídolo alemão de 67 anos de idade e atualmente desempenhando a função de auxiliar técnico do Bayern.

Montagem sobre fotos AFP
Gerd Muller é auxiliar técnico do Bayern de Munique e sustentava o recorde há 40 anos, sendo superado por Messi

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade