Futebol/Mercado - ( )

Grêmio acerta dívida e fica perto de manter Pará, ex-Santos, em 2013

Santos (SP)

O Grêmio tinha uma dívida com o Santos desde setembro, quando o técnico Vanderlei Luxemburgo resolveu utilizar o lateral Pará na intenção de anular Neymar em uma partida decisiva para as pretensões do time gaúcho no Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, a diretoria tricolor acertou o pagamento de R$ 300 mil ao Peixe – valor referente à multa pela utilização do polivalente jogador na partida.

Querendo apressar a montagem do elenco para 2013, já que a reapresentação será no dia 3 de janeiro e a viagem para Quito, onde disputa a primeira fase da Copa Libertadores, apenas dez dias depois, o Grêmio entrou em contato com a diretoria do Santos para adquirir 25% dos direitos econômicos de Pará junto ao clube paulista, que já recebeu uma segunda proposta e está propenso a aceitar.

“O Grêmio pagou a multa pelo Pará, e esses R$ 300 mil talvez fossem o único entrave da negociação. Eles também nos enviaram uma proposta pelos 25% do atleta. Faltam pequenos detalhes para a gente acertar”, garantiu o vice-presidente santista, Odílio Rodrigues, à Rádio Gre-Nal. O Santos tem contrato com Pará apenas até agosto, o que deixa Pará disponível para assinar pré-contrato com qualquer clube em março.

Dessa forma, a negociação deve ser sacramentada nas próximas horas, dependendo apenas do aval do Santos em liberar o lateral de 26 anos, que havia chegado ao clube em 2008. Depois de três temporadas sem convencer atuando em quatro posições diferentes na Vila Belmiro, recusou uma proposta do Vasco e aceitou ser emprestado ao Grêmio, onde se tornou destaque na lateral direita, superando a concorrência até mesmo de Gabriel. Os 75% dos direitos de Pará permanecem com um grupo de empresários.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade