Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Movimentos sociais aproveitam sorteio para protestar em São Paulo

Helder Júnior São Paulo (SP)

O sorteio da Copa das Confederações em São Paulo, neste sábado, não se resumiu à festa promovida pela Fifa no Anhembi. Também houve manifestações. Diante do evento e em outros lugares da cidade, movimentos sociais aproveitaram a presença das autoridades da Fifa para protestar.

A manifestação em frente ao Anhembi foi ideia da Organização Não Governamental (Ong) Rio de Paz. De forma silenciosa, as quase duas dezenas de participantes do protesto cobriram seus rostos com máscaras e exibiram faixas, cartazes e imagens de vítimas de assassinato para cobrar a redução dos homicídios no Brasil.

Os manifestantes da Rio de Paz se posicionaram diante do trajeto da imprensa do auditório para a sala de entrevistas do Anhembi para chamar a atenção de quem passava pelo local. Policiais e seguranças não coibiram o protesto.

Na Avenida Tiradentes, a União dos Movimentos de Moradia atraiu muito mais gente para a sua manifestação, que parou o trânsito na região no início da tarde. Com cartazes e gritos de ordem, o protesto era contra o gasto em estádios para a Copa do Mundo de 2014 em detrimento da construção de residências populares.

Djalma Vassão/Gazeta Press
No Anhembi, manifestantes mascarados cobriram a bandeira do Brasil com arroz e feijão

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade