Futebol/Campeonato Paraense - ( - Atualizado )

Novo diretor chega ao Paysandu ansioso para conversar com Lecheva

Belém (PA)

Disposto a profissionalizar o futebol na temporada que marca seu retorno à Série B do Campeonato Brasileiro, o Paysandu apresentou no início da tarde desta segunda-feira seu novo diretor executivo. Osmar Yamato, de 54 anos, já visitou Barcarena, que receberá o clube na pré-temporada que começa dia 2 de janeiro, mas ainda não conseguiu conversar com o técnico Lecheva.

De acordo com o novo dirigente, uma reunião com o treinador do Papão é urgente para que se iniciem as discussões em relação a reforços para 2013. “Sem a presença dele fica impossível traçar alguns planos. Estou aguardando urgentemente esse encontro”, relatou Oscar Yamato, que aceitou a proposta do clube paraense após uma conversa por telefone na quinta-feira. No dia seguinte, o novo reforço do departamento de futebol já estava em Belém para visitar as instalações do clube e assinar o contrato oficialmente.

“Barcarena é um local válido pela parceria que conseguimos fazer com a Prefeitura. Achei o atendimento que tivemos muito bom, a academia também é boa. Os campos não são totalmente adequados, mas dá para trabalhar”, afirmou Yamato, que é paulista de Garça e já passou por clubes como Atlético-PR, Coritiba e Vitória, seu último clube, entre dezembro de 2010 e agosto de 2011.

Logo no primeiro dia de trabalho, o novo diretor executivo recebeu uma boa notícia: o departamento jurídico do Paysandu conseguiu adiar o julgamento de leilão da sede social do clube. Os reclamantes do processo são os ex-jogadores Arinelson e Jobson, que deverão ser contatados para acordos com a diretoria. Ainda sem pensar em reforços, o Paysandu enviará nos próximos dias uma delegação ao Rio de Janeiro, onde estão planejadas reuniões com a CBF e com alguns clubes cariocas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade