Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

São Paulo lamenta azar no sorteio e acredita em multa para o Tigre

São Paulo (SP)

O São Paulo conheceu nesta sexta-feira seu adversário na primeira fase da Copa Libertadores da América de 2013 e não gostou dele. O Bolívar, da Bolívia, será o rival do Tricolor Paulista, que ainda terá que decidir fora de casa, na altitude de La Paz, a vaga para a fase de grupos da Libertadores.

“Conversei com o Fábio Koff e nós comentávamos que queríamos escapar justamente destes dois times [Bolívar e LDU, adersário do Grêmio], mas isso é Libertadores. Temos que estar prontos”, declarou o diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista.

Se passar pelos bolivianos na primeira fase, o São Paulo entra no grupo do Atlético-MG, time que nunca venceu na competição sul-americana. The Strongest, da Bolívia, e Arsenal de Sarandí, da Argentina, completam a chave.

“Não tivemos muita sorte. Vamos decidir a vaga em La Paz. Mas em uma hora dessas não dá pra escolher adversário. O grupo vai ser difícil também, com o Atlético-MG e um argentino”, analisou o dirigente.

Sobre uma possível punição ao Tricolor por conta da polêmica final da Copa Sul-americana diante do Tigre, no Morumbi, Baptista despistou, mas acredita que nenhuma das equipes sofra com sanções da Conmebol.

“Não sabemos nada sobre punição. Foi criado um Comitê Disciplinar e esse comitê definirá se haverão sanções ao Tigre e ao Morumbi. Eu acredito que não. Se houver, apenas multa. Acredito que o Tigre não estaria no sorteio se fosse sofrer punições”, concluiu o dirigente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade