Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

“Sem tempo para ver site”, Ancelotti desconversa sobre saída de Nenê

Paris (França)

Tido como um dos principais fatores da insatisfação de Nenê no Paris Saint-Germain, o técnico Carlo Ancelotti afirmou nesta quinta-feira desconhecer qualquer contato do brasileiro com o clube pela rescisão contratual. Sem se alongar no assunto, o italiano deixou claro que a situação do camisa 10 ainda está indefinida na capital francesa.

Na última quarta-feira, o jogador de 31 deu declarações em tom de despedida e manifestou seu desejo de retornar ao Brasil. Estrela do PSG na temporada passada, o meia-atacante perdeu espaço com as milionárias contratações de Ezequiel Lavezzi e Zlatan Ibrahimovic e tem sido pouco aproveitado por Ancelotti.

O treinador, no entanto, diz não saber sobre conversas de seu comandado com a diretoria parisiense sobre uma possível rescisão. "Ele não pediu para sair, e eu não tenho tempo para ir ao site de Nenê. Ele pode falar diretamente comigo ou com o clube, caso ainda não tenha feito isso", afirmou o italiano.

AFP
Destaque no vice-campeonato francês da temporada passada, Nenê perdeu espaço com Ancelotti
Com a insistência da imprensa francesa sobre as declarações de Nenê, Ancelotti se mostrou irredutível. “Ele saiu de férias no Brasil, porque não pode ser usado na próxima partida. Falaremos em seu retorno”, sentenciou o ex-treinador de Milan e Chelsea.

Nesta quinta-feira, o Santos mostrou interesse em repatriar o atleta, que foi vice-campeão da Libertadores de 2003 pelo clube praiano. Segundo especulações, Flamengo, Botafogo, Fluminense e Cruzeiro também estariam na briga pela contratação de Nenê, natural de Jundiaí, interior de São Paulo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade