Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Tirone diz ter feito o certo, mas ainda aguarda assinatura de Barcos

São Paulo (SP)

Depois de revelar que não irá concorrer à reeleição presidencial no Palmeiras, Arnaldo Tirone resolveu destacar o próprio empenho nas conversas para renovar o contrato com o argentino Hernán Barcos. Tratando o acordo como encaminhado, o atual presidente garante estar fazendo o melhor para o time alviverde.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o mandatário palmeirense tentou esclarecer de vez como se encontram as negociações para a renovação com o centroavante. Há algumas semanas, o dirigente teria cravado o acerto com o camisa 9, mas acabou desmentido pelo irmão do jogador. Perto de deixar a presidência do clube, no entanto, Tirone voltou a tratar o assunto como definido, embora nos bastidores circule a informação de que o jogador não irá devolver os documentos assinados.

“O que houve é que, faz dois meses, a gente definiu um ajuste no salário dele e prorrogamos o contrato por dois anos. O que falta é ele devolver os contratos assinados. Acho que fiz o certo porque ele é um peça importante para o Palmeiras”, ressaltou o presidente.

Contratado no início de 2012, Hernán Barcos chegou à Academia de Futebol prometendo marcar 27 gols na temporada. Com boas atuações e belos gols, o argentino ganhou status de ídolo ainda no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil. De fora da decisão do torneio nacional devido a uma crise de apendicite, ‘El Pirata’ foi homenageado pelos companheiros na festa do título

Na luta contra o rebaixamento, foi a grande esperança dos torcedores palmeirense e chegou a superar a meta de gols estipulada no começo do ano. Apesar do bom desempenho individual, conquistando vaga na seleção principal da Argentina, o centroavante não conseguiu evitar o segundo rebaixamento da equipe em apenas dez anos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade