Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Uefa anuncia que Eurocopa de 2020 terá jogos em todo o continente

Lausanne (Suíça)

 

Após reunião realizada entre os membros do Comitê Executivo da Uefa, em Lausanne, na Suíça, a entidade que rege o futebol europeu decidiu que a edição de 2020 da Eurocopa não terá uma única sede ou candidaturas por países como foi em 2012, com Polônia e Ucrânia. Para comemorar 60 anos do torneio, as partidas serão disputadas em diferentes sedes, rodando a Europa.

A ideia, chamada pelos organizadores de “Euro pela Europa”, foi de Michel Platini, presidente da Uefa, que reclamou da distância das cidades-sede em 2012, consultou os responsáveis pelas federações de cada país e encontrou resposta positiva na maioria delas. O turco Senes Erzik, vice-presidente do Comitê Executivo e do Comitê de Arbitragem da entidade, foi o único voto contrário à proposta na cúpula da Uefa, que não deve encontrar problemas na aprovação da Fifa.

Além de decidirem pelo fim das candidaturas por país na edição de 2020, os representantes das federações europeias diminuíram o poder dos empresários de atletas nas transferências de jogadores entre clubes do continente e formalizaram a proposta de que fraude e corrupção esportiva devem ser considerados crimes internacionais passíveis de punição em cada país.

Quanto à Eurocopa, a edição sediada na Polônia e na Ucrânia, vencida pela Espanha com direito a goleada por 4 a 0 na decisão contra a Itália, será a penúltima disputada com sede específica. Antes de 2020, a França recebe o torneio em 2016. Após a edição especial, a de 2024 ainda está em disputa entre Romênia, Bulgária e Hungria.

AFP
O Comitê Executivo da Uefa se reuniu para deliberações e garantiu que a Eurocopa 2020 terá múltiplas sedes

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade