Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Botafogo admite vender o zagueiro Dória por “proposta irrecusável”

Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Botafogo já mudou o tom de seu discurso ao falar do jovem zagueiro Dória. Revelação do clube neste Campeonato Brasileiro e convocado para disputar o Sul-americano sub-20 com a Seleção Brasileira, o atleta gera o interesse da Juventus e poderá sair caso os italianos apresentem o valor pedido pelo Glorioso.

“O Botafogo estipulou um preço. Não existe jogador inegociável. Se surgir uma proposta irrecusável, ele sai. Mas não acredito nisso. A princípio, ele se reapresentará na segunda rodada do Carioca por conta da Seleção”, disse o presidente do clube, Maurício Assumpção, em entrevista ao jornal O Dia.

Dória, de 18 anos, ganhou espaço com o técnico Oswaldo de Oliveira após as lesões de Antonio Carlos e as constantes falhas de Fábio Ferreira. As atuações seguras na zaga alvinegra foram fundamentais para que clubes europeus crescessem os olhos em sua contratação. Junto com o zagueiro Rhodolfo, do São Paulo, o atleta é um dos mais cotados para reforçar o setor defensivo da Juventus no Campeonato Italiano.

Caso os europeus queiram contar com a jovem promessa alvinegra, o preço a ser pago é de 12,5 milhões de euros (R$ 34,2 milhões). Com contrato até abril de 2015, o jogador tem a sua carreira administrada por um grupo de empresários e seus direitos divididos. O Botafogo conta com 40% deles, enquanto os agentes ficam com outros 40%. Os 20% restantes são de propriedade do BMG.

Fernando Soutello/AGIF
O zagueiro Dória poderá deixar o Botafogo mediante o pagamento dos R$ 34,2 milhões de sua multa contratual

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade