Futebol Nacional/Mercado - ( - Atualizado )

Botafogo espera definir quem fica e quem sai na próxima semana

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Apesar de não ter assinado contrato por mais um ano, o técnico Oswaldo de Oliveira dificilmente vai deixar o Botafogo. O treinador entendeu as mudanças no departamento médico, quando alguns de seus profissionais de confiança foram dispensados, e deverá firmar compromisso até o início da próxima semana. Com isso, os dirigentes botafoguenses querem, de posse das informações do treinador, acertar até 21 de dezembro, antes do recesso de Natal, quem vai ficar e quem vai sair do elenco em 2013.

Logicamente alguns jogadores podem acabar saindo depois desse período, por conta de propostas de fora do país, mas, nesse caso, são fatores considerados externos. Estão certos para a próxima temporada os goleiros Jéfferson, Milton e Andrey; o lateral esquerdo Lima; os zagueiros Antônio Carlos, Dória e Matheus; os volantes Marcelo Mattos, Jadson, Gabriel, Lucas Zen e Rodrigo Dantas; os meias Seedorf, Lodeiro, Andrezinho, Fellype Gabriel, Cidinho e Jeferson Paulista; além dos atacantes Sassá, Vitinho e Willian.

AFP
Oswaldo de Oliveira ainda não renovou o contrato, mas deve permanecer para 2013
O goleiro Renan, que está insatisfeito com a reserva, deverá ser envolvido em alguma negociação, por empréstimo, para ter a possibilidade de ser titular por pelo menos uma temporada. O jogador estaria, inclusive, nos planos do Vasco.

O lateral direito Lucas e o lateral esquerdo Márcio Azevedo têm sondagens de fora do Brasil e podem ser negociados. O segundo, inclusive, tem negociação em aberto com um clube chinês, que deverá formalizar algum documento ao Botafogo nos próximos dias. Já o lateral direito Lennon, que não conseguiu se firmar, será emprestado para ganhar mais experiência. Os zagueiros Fábio Ferreira e Brinner não fazem mais parte dos planos. Porém, o Glorioso procura um destino para o primeiro, outro que pode ser tratado como moeda de troca. Brinner, com contrato até dezembro, deverá ser liberado, mas pode ter o vínculo renovado caso o Botafogo veja nele a possibilidade de envolvimento em alguma transação.

O volante Amaral, contratado por empréstimo junto ao Cruzeiro, será devolvido porque não faz parte dos planos da comissão técnica. Outro volante, Renato, está nos planos de Oswaldo e é querido pela diretoria. Mas para ficar terá consciência de que poderá ser usado em várias ocasiões no banco de reservas, pois o treinador teme iniciar um jogo com ele e Seedorf no meio de campo. Caso decida sair, será tratado como uma importante moeda de troca, pois interessa a vários clubes, como São Paulo e Atlético-MG, que disputarão a Libertadores.

O único meia do atual elenco que não faz mais parte dos planos é Vítor Júnior, contratado para a disputa do Brasileirão, quando teve um bom começo e depois caiu de produção. Seus direitos federativos são ligados ao Corinthians, que pretende contar com o atleta no próximo ano, quando além da Libertadores, terá que disputar Copa do Brasil, Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro.

ATACANTES

O ataque é o setor mais carente do Glorioso, pois Sassá, Vitinho e Willian, revelados nas categorias de base, não são tratados como titulares. Bruno Mendes está envolvido em uma disputa judicial, que anulou seu contrato com o Botafogo e o devolveu ao Guarani. A tendência, porém, é que tudo seja resolvido até o fim de dezembro, e que ele permaneça em General Severiano.

Caio e Loco Abreu retornam de empréstimo do Figueirense. O primeiro tem proposta da Coréia do Sul e será negociado. Já o uruguaio, só vai permanecer se aceitar o fato de que não é titular absoluto.

Contratado no meio do ano por indicação de Oswaldo de Oliveira, o atacante Rafael Marques, que trabalhou com o treinador no Japão, jamais justificou o investimento e passou a ser hostilizado pelos torcedores. Será negociado em breve.

A ideia da diretoria é ter o elenco fechado em 3 de janeiro, data da reapresentação, quando começa a preparação para a disputa da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. A estreia será no dia 20 de janeiro, às 19h30(de Brasília), diante do Duque de Caxias no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade