Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Conversa com Dagoberto desanima gerente do Botafogo: “Não deve vir”

Rio de Janeiro (RJ)

Sidinei Loureiro, gerente de futebol do Botafogo, e Newton Drummond, diretor executivo do Inter, se reuniram no último final de semana, em Porto Alegre, para tratar da negociação do atacante Dagoberto, um dos principais alvos da equipe carioca para 2013. Nesta quarta-feira, no entanto, Loureiro admitiu que as conversas com o jogador de 29 anos não prosperaram e a possibilidade de contratação é quase nula.

O Inter já havia liberado as conversas do Botafogo com Dagoberto, única parte que ainda não havia sido ouvida no imbróglio. Drummond chegou a dizer que a saída do atacante dependia apenas de aceitar as condições oferecidas pelo Botafogo a seus empresários e que a negociação estava “bem encaminhada”. Após procurar o jogador para contato direto, o dirigente notou que não existe intenção de deixar o Colorado em 2013.

“Conversamos com o agente do atleta e a negociação está parada. Não conseguimos encontrar um meio termo e está tudo parado. Não deve vir mais”, garantiu Sidinei Loureiro, à Rádio Globo, antes de completar: “Estive em Porto Alegre e conversei com o Inter. Não fui só para falar do Dagoberto, tínhamos outras situações lá. Fui conversar sobre possíveis negociações e uma delas era o Dagoberto”.

As outras negociações não foram reveladas pelo gerente botafoguense, mas podem envolver até mesmo o volante argentino Bolatti, que não tem sequência de jogos pela equipe gaúcha. A princípio, o Botafogo procura um zagueiro, um lateral e um atacante, sendo que ainda não anunciou nenhum reforço e fracassou nas tentativas de contratar Grafite e Nenê. A reapresentação, sem Elkeson, negociado com o Guanghzou, da China, será no dia 4 de janeiro.

Gazeta Press
Dagoberto foi liberado pelo Inter, mas as conversas com o Botafogo não evoluíram e ele deve ficar no Sul

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade