Basquete/Liga Sul-americana - ( - Atualizado )

Flamengo vence jogo, mas repete 2008 e perde título para o Regatas

Corrientes (Argentina)

O Flamengo venceu, mas mesmo assim ficou sem o título da Liga Sul-americana. Nesta quinta-feira, a equipe bateu o argentino Regatas Corrientes por 82 a 81, mas não foi o suficiente para evitar uma repetição de 2008 e a perda do título para o Regatas pela segunda vez na história: o Rubro-negro precisava vencer por 13 pontos de diferença.

Em jogo equilibrado, o anfitrião argentino foi melhor no primeiro quarto, vencendo por 20 a 18. A distância de dois pontos foi mantida até a chegada ao intervalo: 37 a 35 para os locais.

O Flamengo reagiu no terceiro quarto e pareceu no caminho certo para mais uma arrancada épica, como na primeira partida, contra o Penarol. O time chegou ao quarto final com vantagem de 61 a 58, mas a diferença acabou diminuindo para 82 a 81 ao final do jogo.

Mesmo derrotado, Quinteros foi o cestinha da partida com 24 pontos, com Martinez marcando quatro a menos. Com 18, Meyinsse também se destacou pelos mandantes. Pela equipe brasileira, Vitor Benite anotou 21 pontos e Shilton, 15. Outro que teve bom desempenho foi Caio Torres, com 12 pontos e oito rebotes.

No final, o título foi decidido pela vitória do Brasília por 87 a 77 sobre o argentino Penarol em duelo de eliminados também nesta quinta-feira. Nezinho foi o grande nome do jogo com 32 pontos marcados, além de cinco rebotes e três assistências.

Por conta desses resultados, o quadrangular final terminou com um tríplice empate entre Brasília, Flamengo e Regasta com seis pontos, o que definiu saldo de pontos no duelo entre os três como critério de desempate: os argentinos ficaram com 12 pontos positivos de saldo, enquanto o time carioca ficou com dez negativos e, o Brasília, com dois negativos.

Assim, o Flamengo precisaria de uma vitória por 13 pontos de diferença para compensar a diferença inicial para o Regatas. Caso o Brasília perdesse seu jogo, uma vitória do Rubro-negro deixaria a decisão com um empate simples, definido pelo confronto direto. Nessa situação, qualquer vitória bastaria. Esse é o segundo título do Regata Corrientes, que já havia se sagrado campeão da Liga Sul-americana em 2008 em cima do próprio Rubro-negro. O time carioca venceu a competição em 2009, além de ter ficado com o vice em 2010.

Assim, a Liga Sul-americana segue polarizada por Argentina e Brasil. Apenas os dois países conquistaram títulos da competição, que começou em 1996 e tem vantagem argentina: são 12 títulos dos hermanos contra cinco dos brasileiros.

Divulgação
O Flamengo virou sobre o Regatas Corrientes, mas mesmo assim perdeu o título para o anfitrião

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade