Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Totti e De Rossi torcem por construção de estádio particular da Roma

Orlando (EUA)

Realizando inter-temporada em Orlando, nos Estados Unidos, a Roma está perto de anunciar uma grande novidade para seu torcedor. Neste domingo, o presidente do clube, James Palotta, irá se reunir com o prefeito da capital italiana, Gianni Alemanno, para fechar os últimos detalhes e anunciar a construção de um estádio particular para o clube.

Atualmende dividindo o Olímpico de Roma com a rival Lazio, o time giallorosso deverá ganhar nova casa nos próximos anos. Se o acordo com a prefeitura for concretizado, a tendência é que a arena romanista seja erguida na região de de Tordivalle, com obras previstas para iniciarem em 2014.

Já a previsão de entrega do estádio está entre o final de 2016 e o começo de 2017 e, apesar dos anos de espera, o veterano Francesco Totti espera poder atuar pelo time de coração assim que a obra for inaugurada. “Vamos ver se eu posso jogar. Meu contrato acaba em 2014, o que torna difícil, mas não impossível”, afirmou o atacante de 36 anos em entrevista coletiva.

Divulgação
Totti concedeu entrevista nos Estados Unidos depois de ser tietado por jogadoras de um time norte-americano
Outro ídolo atual dos torcedores, o volante Daniele De Rossi também já comemora a possibilidade de atuar em um estádio moderno que, para ele, pode ajudar a equipe. “Na Inglaterra e na Alemanha, eles têm as melhores instalações e um novo estádio pode fazer a diferença para a Roma. Mas tem de manter as coisas andando dentro de campo, para então ter mais dinheiro e trazer grandes jogadores”, alertou o meio campista, alvo do Manchester City.

A volta da delegação para a Itália está marcada para o dia 3 de janeiro, três dias antes da partida contra o Napoli, válida pela 19ª rodada do Campeonato Italiano. Nos próximos dias, os jogadores sul-americanos que foram liberados para passarem o Natal com os familiares terão de se reapresentar, entre eles o zagueiro Marquinhos, ex-Corinthians, o meia Marquinho, ex-Fluminense, e o paraguaio Ivan Piris, ex-São Paulo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade