Futebol/Liga dos Campeões - ( )

Bayern de Munique e Valencia disputam liderança do Grupo F

Munique (Alemanha)

Garantidos nas oitavas de final desta edição da Liga dos Campeões da Europa, Bayern de Munique e Valencia disputam a liderança do Grupo F da competição. Com dez pontos, o time alemão leva vantagem nos critérios de desempate e mede forças com o Bate Borisov, nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), na Allianz Arena. Também com dez pontos, o Valencia enfrenta o Lille no estádio Lille Metropole.

No primeiro turno, a equipe comandada por Jupp Heynckes sucumbiu por 3 a 1 diante do Bate, atuando na Bielorrússia. O resultado negativo não agradou os atletas do Bayern de Munique, que agora buscam revanche diante do adversário, que é o único time que derrotou o clube alemão nesta edição do torneio.

“Estamos precavidos depois do que aconteceu no primeiro turno. Jogaremos em nossa casa e temos obrigação de vencer. Estamos confiantes, pois temos atuado em excelente nível em todas competições. Queremos manter este bom desempenho”, afirmou o volante Bastian Schweinsteiger.

Para o confronto desta quarta-feira, Heynckes terá desfalques importantes. O zagueiro Badstuber sofreu uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito e ficará cinco meses afastado. Arjen Robben, Luiz Gustavo, Emre Can e Lukas Raeder, também lesionados, são outros atletas que não tem condições de entrar em campo.

Com isto, o Bayern de Munique deve ser escalado com: Neuer; Lahm, Boateng, Dante e Alaba; Luiz Gustavo, Bastian Schweinsteiger, Shaqiri, Kroos e Ribery; Pizarro (Mandzukic).

AFP
O zagueiro brasileiro Dante (foto) deve substituir Badstuber no duelo entre Bayern de Munique e Bate

Já o Bate Borisov, mesmo tendo sido derrotado pelo Lille na última rodada, tem a terceira colocação do grupo garantida. O resultado assegura o clube bielorrusso antecipadamente na próxima fase da Liga Europa. Para a partida contra o Bayern de Munique, o treinador Viktor Goncharenko contará com força máxima.

A provável escalação do Bate é: Gorbunov; Polyakov, Radkov, Simic e Bordachev; Likhtarovich, Olekhnovich, Volodko, Bressan e Hleb; Rodionov.

No outro jogo da chave, o Valencia duela com o Lille em busca de um só objetivo: garantir a liderança. A principal novidade da equipe espanhola será no banco de reservas, onde Ernesto Valverde substitui o demitido Mauricio Pellegrino no comando do time. Apesar da mudança de treinadores, o defensor Ricardo Costa destacou que o elenco continua unido e trabalhando para alcançar os objetivos traçados.

“Sabemos que estamos passando por uma fase complicada. É nossa responsabilidade e devemos assumi-la em todas as partidas para seguirmos em frente”, disse. “É uma partida muito importante para o Valencia, para a imagem de nossa equipe. Somaremos pontos e esperamos que o Bayern não ganhe, para podermos ficar em primeiro”, completou.

Lesionados, Sergio Canales e Jeremy Mathieu desfalcam o time espanhol, enquanto Antonio Barragan e Roberto Soldado cumprem suspensão. João Pereira, poupado, também não enfrenta o Lille. O Valencia deve entrar em campo com: Diego Alves; Victor Ruíz, Rami, Ricardo Costa e Cissokho; Gago, Costa, Feghouli, Banega e Guardado; Valdez.

O Lille, por sua vez, deve ser escalado com: Elana; Debuchy, Basa, Rozehnal e Beria; Balmont, Gueye e Martin; Kalou, Roux e Rodelin.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade