Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

PSG fecha 1ª fase na ponta com gol de Thiago Silva e falha de Helton

Paris (França)

No Parque dos Príncipes, em Paris, o PSG fez sua lição de casa, venceu o Porto por 2 a 1, nesta terça-feira, e saiu de campo classificado para as oitavas de final na condição de líder do Grupo A da Liga dos Campeões da Europa. Thiago Silva abriu o placar para os donos da casa, mas Jackson Martínez empatou quatro minutos depois. No segundo tempo, após chute de Lavezzi, Helton falhou e permitiu que seu rival avançasse a 15 pontos, na liderança da chave, contra 13 dos visitantes.

Superior tecnicamente desde os primeiros minutos de bola rolando, o PSG abriu o placar aos 29, com cobrança de falta executada por Maxwell e gol de cabeça do capitão Thiago Silva, espantando o azar de ter errado o pênalti que garantiria a equipe do técnico Carlo Ancelotti nas quartas de final da Copa da Liga Francesa, na última semana. Apenas quatro minutos depois, Danilo fez jogada magistral e cruzou para Jackson Martínez igualar também de cabeça. Aos 15 do segundo tempo, em falha do goleiro Helton, Lavezzi determinou a vitória parisiense.

Já classificados para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, PSG e Porto definiram apenas a classificação dos franceses como líderes e dos portugueses como segundo colocados do Grupo A, nesta terça. Dinamo de Kiev-UCR e Dinamo Zagreb-CRO foram as equipes eliminadas na chave. O sorteio das oitavas de final ocorre no próximo dia 20, a um mês do início da fase de mata-mata da mais disputada competição europeia de clubes.

O Jogo - Jogando diante de seu torcedor e buscando apenas o resultado positivo para terminar a fase de grupos como líder, o PSG pressionou o Porto desde os primeiros minutos de bola rolando. Tanto que as primeiras jogadas foram criadas logo no início, com cruzamento de Lavezzi em direção a Ibrahimovic que, no centro da área, cabeceou de lado, pela linha de fundo, ou na batida forte de Van der Wiel, que exigiu boa defesa do brasileiro Helton.

Ao todo, seis brasileiros começaram a partida jogando. Além de Helton, os laterais Danilo e Alex Sandro completavam a linha de defesa do Porto. Enquanto isso, no PSG, mais três jogadores de zaga: Alex e o capitão Thiago Silva formando a dupla principal e Maxwell na ala esquerda. Com todos estes brasileiros em campo, a partida seguiu com domínio dos parisienses, que se lançavam ao campo de ataque em busca de um gol que jogasse a pressão para o lado dos visitantes.

Com base no entrosamento do trio formado por James Rodríguez-Jackson Martinez-Varela, no entanto, o Porto não demorou a equilibrar a partida e também criar suas oportunidades de gol. Na base da posse de bola e da ofensividade, o time visitante criou sua primeira chance perigosa aos 11 minutos, quando Martínez pediu o passe, recebeu de Alex Sandro pela esquerda e arrematou com força para desvio de Thiago Silva. A bola passou rente à trave de Sirigu.

Em jogada construída apenas por sul-americanos, o PSG conseguiu abrir a contagem aos 29 minutos do primeiro tempo, quando Alex fez lançamento longo para Lavezzi, que sofreu falta de Otamendi. Pela esquerda do ataque, Maxwell observou a movimentação na área do Porto e cruzou na marca do pênalti, onde Thiago Silva subiu mais alto que os defensores e cabeceou sem chances de defesa para Helton.

Apesar do gol marcado e da superioridade técnica restabelecida naquele momento da partida, o PSG não segurou a vantagem por muito tempo. Logo aos 33 minutos, o ex-santista Danilo fez jogada impecável pela direita, de onde cortou um marcador e alçou Jackson Martínez no meio da área para concluir de cabeça, igualar a contagem e recolocar o Porto como ponteiro da chave.

Na etapa complementar, Ménez chamou a responsabilidade pelo lado do PSG, que não tinha Ibrahimovic em um bom dia. Depois de momentos disputados em ritmo lento e com apenas um chute a gol – justamente do meio-campista de 25 anos -, o time da casa encontrou seu segundo gol em uma falha de Helton. Aos 15 minutos, Ménez partiu em velocidade, invadiu a área e deixou o caminho livre para Lavezzi, que bateu sem ângulo, mas viu Helton encostar na bola e permitir que ela passasse debaixo de suas pernas para tomar as redes.

Mesmo com o Porto reequilibrando a partida e até o goleiro Helton indo à área nos minutos finais, a vitória e a classificação ficaram mesmo para o time de Paris.

Zagreb empata no final e termina 1ª fase com um ponto - Recebendo o Dinamo de Kiev na Croácia, o Dinamo Zagreb evitou um vexame maior na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa e empatou a partida no fim, por 1 a 1, fechando a primeira fase com um ponto, na lanterna. Yarmolenko abriu o placar para os ucranianos aos 45 do primeiro tempo e Krstanovic empatou de pênalti, aos 45 da etapa complementar. Contra 15 do PSG, 13 do Porto e um do Zagreb, o time do brasileiro Betão encerrou sua participação com cinco pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade