• EQUIPES
  • SEDES
  • CAMPEÕES
  • JOGOS
  • ELIMINATÓRIAS
  • FOTOS
  • BLOG

Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Benítez lembra a final contra o São Paulo com ironia a gols anulados

Yokohama (Japão)

O técnico Rafael Benítez já perdeu uma decisão de Mundial de Clubes para um time brasileiro. Comandante do Chelsea diante do Corinthians na final de domingo, o espanhol liderava o Liverpool que acabou derrotado pelo São Paulo por 1 a 0 em 2005. E ainda se lembra com incômodo daquela partida.

“Naquela vez, marcamos gols que foram invalidados. É importante que os gols sejam validados agora, né?”, disse Benítez, com um sorriso sarcástico no rosto. Para vencer o Liverpool, o São Paulo contou com três gols anulados do adversário pelo assistente Hector Vergara, do Canadá.

Apesar da decepção contra o São Paulo, o técnico espanhol já tem um título de Mundial de Clubes no currículo. Ele era o técnico da Internazionale em 2010, quando a equipe italiana superou o surpreendente Mazembe, da República Democrática do Congo, na final.

Benítez conhece bem, portanto, a importância de um título do Mundial de Clubes – menos valorizado pelos europeus. “Só não gosto de falar muito sobre o que significa vencer, pois ainda temos uma final a disputar. Façam essa pergunta para mim depois do jogo com o Corinthians. Prefiro ser cauteloso. Por enquanto, posso dizer que é muito bom estar na final. Se vencermos, melhor”, disse.

AFP
Técnico do Chelsea, Rafa Benítez já tem duas finais de Mundial de Clubes no currículo, por Liverpool e Inter de Milão
O técnico tem enfrentado uma maior pressão por resultados do que em suas outras participações em Mundiais. Contratado para substituir Roberto Di Matteo no comando do Chelsea, ele lida com desconfiança de torcedores por causa de sua identificação com o Liverpool e cobranças motivadas pela eliminação precoce na Liga dos Campeões.

“Foi uma época difícil quando cheguei ao Chelsea. Em três dias, já havia jogo com o Manchester City. Não é fácil. Foram dois jogos em menos de uma semana. Já sabemos as nossas condições agora e estamos mais confiantes, mas precisamos de mais tempo ainda para melhorar. De qualquer forma, estamos contente com o que fizemos até agora”, concluiu Rafa Benítez, vice-campeão mundial em 2005 e campeão em 2010.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade