• EQUIPES
  • SEDES
  • CAMPEÕES
  • JOGOS
  • ELIMINATÓRIAS
  • FOTOS
  • BLOG

Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Ídolo do Chelsea afirma que ingleses foram melhores contra o Timão

Londres (Inglaterra)

Ídolo do Chelsea, o ex-atacante Pat Nevin exaltou o time que perdeu para o Corinthians, por 1 a 0, no último domingo, pela final do Mundial de Clubes, mas também reconheceu a boa atuação do adversário. De acordo com o ex-jogador, a competição, disputada no Japão, foi um bom teste para os atletas dos Blues, especialmente para o zagueiro David Luiz, “destaque maior”.

“Após o jogo, eu realmente achei que os jogadores do Chelsea foram os melhores durante todo o torneio. Infelizmente, o Corinthians fez um bom plano de jogo”, analisou Nevin ao site oficial do clube inglês. “Mas senti que, no geral, tivemos um pouco menos de vontade do que os oponentes em alguns momentos importantes do jogo”, acrescentou.

No entanto, o ex-atleta escocês criticou a transmissão local, que não mostrou novamente o lance entre o zagueiro Cahill e o atacante Sheik, este primeiro expulso de campo. “Lamentavelmente, eles não acharam necessário mostrar, por vários ângulos diferentes, o que realmente aconteceu na expulsão. Preferiram mostrar toda a burocracia dos patrocinadores”, criticou.

Já projetando a sequência do Chelsea neste restante de temporada, Pat Nevin afirmou que David Luiz pode ser um diferencial para o técnico Rafa Benítez. “A performance dele contra o Monterrey foi colossal. Fiquei desapontando quando vi que não iria começar como volante na final. O Cássio ganhou a Bola de Ouro, mas ficou claro que David Luiz foi um destaque à parte”, finalizou.

Pat Nevin jogou em Stamford Bridge entre os anos de 1983 e 1988 e se tornou um dos ídolos da torcida depois da promoção do time para a Primeira Divisão do Campeonato Inglês. Durante este tempo, o ex-atacante foi eleito, por dois anos, o melhor jogador da equipe, que, na temporada de 1985-1986, brigou pelo título durante boa parte do campeonato.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade