• EQUIPES
  • SEDES
  • CAMPEÕES
  • JOGOS
  • ELIMINATÓRIAS
  • FOTOS
  • BLOG

Futebol/Mundial de Clubes - ( )

Para Fábio Santos, responsabilidade mudará com Chelsea na final

Toyota (Japão)

Os jogadores do Corinthians foram unânimes ao apontar o peso do favoritismo como um problema no confronto com o Al Ahly. A situação vai mudar se o Chelsea vencer o Monterrey, na quinta-feira, e avançar à decisão contra o Timão.

“A gente tinha noventa e poucos por cento de responsabilidade no primeiro jogo. Se vier o Chelsea, as coisas vão mudar. A responsabilidade de vencer o jogo será deles, e a nossa equipe vai estar muito mais tranquila para jogar assim”, disse o lateral esquerdo Fábio Santos.

A maioria dos atletas se recusou a manifestar preferência por um adversário na decisão. Outros, como Emerson, apontaram o campeão europeu como o rival favorito na partida marcada para o próximo domingo, no Estádio Internacional de Yokohama.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
De acordo com Emerson, uma final entre Corinthians e Chelsea seria boa "pela grandeza da competição"
“Cara, de coração, eu não tenho uma preferência (por questões técnicas). Mas escolheria o Chelsea pela grandeza da competição. Seria bacana e bonito disputar a final contra eles”, disse o Sheik, acompanhado por Romarinho: “Os dois times são difíceis, mas prefiro enfrentar o Chelsea”.

O segundo finalista do Mundial será definido na noite de quinta-feira (8h30 de Brasília). Membros da comissão técnica viajarão antes do restante da delegação a Yokohama justamente para analisar o último oponente do Corinthians na temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade