• EQUIPES
  • SEDES
  • CAMPEÕES
  • JOGOS
  • ELIMINATÓRIAS
  • FOTOS
  • BLOG

Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Após boliche, jogadores do Chelsea treinam, mas time ainda é dúvida

Yokohama (Japão)

Na tarde desta sexta-feira (manhã no Brasil), o time do Chelsea iniciou a sua preparação para enfrentar o Corinthians, neste domingo, pela final do Mundial de Clubes. Os jogadores titulares da vitória sobre o Monterrey, do México, por 3 a 1, nesta quinta-feira, foram poupados do treinamento, que foi realizado no CT do Yokohama Marinos, em Yokohama (Japão).

Durante os primeiros 15 minutos (tempo em que as atividades foram abertas à imprensa), o grupo fez um breve alongamento, correu ao redor do gramado e deu toques na bola em campo reduzido, após ouvir algumas palavras do técnico Rafa Benítez. Depois da saída dos jornalistas do local, houve uma divisão.

AFP
O meia Oscar foi um dos que aperfeiçoou a cobrança de pênaltis, visando a final do Mundial, neste domingo
Enquanto os titulares continuaram se aquecendo, os reservas participaram de um coletivo apenas com a metade do campo. No entanto, a movimentação não indicou nenhuma possível alteração na escalação contra o Timão. Já no final da atividade, que pôde ser acompanhada pelas sacadas de um centro comercial próxima ao CT, os atletas aperfeiçoaram as cobranças de pênaltis.

Benítez deve fazer algumas alterações, mas nada confirmado: o zagueiro David Luiz, que atuou improvisado como volante no triunfo sobre os mexicanos, pode voltar à posição de origem, fazendo com Ivanovic também retorne à lateral-direita. No lugar de David Luiz, no meio-campo, Ramires, poupado na estreia dos Blues, deve voltar. E Oscar, que atuou com os meias Mata e Hazard na armação, deve retornar ao banco de reservas. 

A formação inglesa volta a campo neste sábado, em mais um treinamento no CT do Yokohama Marinos, acompanhado de entrevistas coletivas oficiais da Fifa com Rafa Benítez e mais um jogador. O jogo contra o Corinthians está marcado para as 08h30 (de Brasília) deste domingo, no Estádio Internacional de Yokohama. 

Boliche para adaptação: na noite desta quinta-feira, a comissão técnica de Stamford Bridge, como parte do processo de adaptação ao fuso horário japonês, divertiu-se jogando boliche em uma casa de jogos próxima ao hotel onde está hospedada. “Eu estava aqui em 2005 e sei que temos que fazer algo para não dormirmos na hora errada”, explicou Benítez ao site oficial do clube.

Divulgação
Pela adaptação ao fuso horário do Japão, jogadores do Chelsea se divertiram em boliche na noite de quinta

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade