Vôlei/Superliga Masculina - ( - Atualizado )

Rio de Janeiro sai atrás, mas derrota o Vôlei Futuro em casa

Rio de Janeiro (RJ)

O Rio de Janeiro viu a invencibilidade na Superliga Masculina ser ameaçada nesta quarta-feira, mas se recuperou e ficou com a vitória. A equipe saiu atrás, mas derrotou o Vôlei Futuro por 3 sets a 1, parciais de 19/25, 25/20, 25/23 e 25/20 atuando em casa.

Aproveitando os erros da equipe mandante, o Vôlei Futuro começou bem e saiu na frente com uma vitória por 25 a 19 no primeiro set. O Rio de Janeiro, porém, melhorou a defesa e conseguiu igualar no segundo set com uma vitória por 25 a 20. Após também conquistar um equilibrado terceiro set, o RJX manteve a superioridade e confirmou a vitória.

O oposto Theó, do RJX, foi o maior marcador da partida, somando 19 pontos, mas o prêmio de melhor jogador da partida ficou com o central Riad, também da equipe mandante.

O técnico Marcelo Fronckowiak gostou do resultado, mas já vê o Rio de Janeiro sentindo a sequência de partidas. “Estou feliz pelo resultado, mas está claro que nosso time já sente a sequência de jogos e viagens e tem alternado a qualidade técnica. Essa é a rotina do vôlei, temos que nos superar”, comentou o treinador.

Destaque, o central Riad valorizou o poder de reação do time. “Soubemos não deixar o resultado do primeiro set nos abater. Valeu a vitória e valeu nosso poder de superação”, afirmou.

Com o resultado, o RJX chegou às seis vitórias em seis jogos e manteve a liderança da Superliga Masculina, colocando pressão sobre o Cruzeiro, que também está invicto. Já o Vôlei Futuro chegou à terceira derrota consecutiva e ficou com apenas cinco pontos na nona posição.

Alexandre Arruda/CBV
O RJX se recuperou após perder o primeiro set e chegou à sexta vitória consecutiva em jogo equilibrado

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade