Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Ansioso, Tite acorda às 6h30 para preparar véspera da estreia

São Paulo (SP)

Menos de dois dias separam o Corinthians da estreia do Mundial de Clubes, portanto até mesmo os profissionais mais experientes não escondem a expectativa. O técnico Tite trabalha todos os detalhes para deixar o time em ordem para enfrentar na quarta-feira de manhã o Al Ahly, do Egito.

“O treinador está ansioso, sou ser humano. Cada um tem seu ritmo, mas gosto de estar no meu canto, fico focado no trabalho. Acordei hoje (terça) às 6h30 (horário do Japão), fiz a minha higiene e fui cuidar da preparação do meu trabalho”, disse o treinador, em entrevista ao Sportv.

A participação corintiana no Mundial de Clubes gera uma mobilização admirável junto aos torcedores. Tite está ciente do que representa a competição para a Fiel, que comemorou em 2012 a primeira conquista da Libertadores da América.

“Sinto grande alegria e responsabilidade, mas não quero que tudo se torne um peso muito grande. Sei que uma série de pessoas abriu mão de emprego, o que é louvável, mas temos que saber que a vida segue”, afirmou.

Na quarta-feira, o Corinthians entra em campo com favoritismo total contra o rival egípcio. Tite evita colocar pressão no elenco por resultados, mas pede dedicação total em campo em busca da vaga na decisão do Mundial.

“O resultado não podemos assegurar, mas quero fazer um jogo com a cara do Corinthians. Esse é o nosso compromisso. Vamos enfrentar um rival como franco atirador. A responsabilidade será nossa”, comentou.

Para Tite, o volante Paulinho pode fazer a diferença contra o Al Ahly. “O adversário anterior deles surpreendeu através da mobilidade, com infiltrações constantes. Um jogador como o Paulinho pode surpreender”, avisou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade