Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Diante de "algo extraordinário", Danilo destoa pela tranquilidade

Toyota (Japão)

Tite disse estar com a boca seca pela “expectativa de algo extraordinário”. A maioria dos atletas repetiu de maneira cansativa a palavra “ansiedade”. E Danilo se comportou como se o Corinthians estivesse prestes a estrear no Campeonato Paulista.

“Tem que ser tranquilo em todos os momentos. Você precisa estar tranquilo para resolver as coisas da melhor maneira”, afirmou o meio-campista após o treino de reconhecimento do gramado do Toyota Stadium, onde o Timão enfrentará o Al Ahly nesta quarta-feira.

O camisa 20 caminhou em passos lentos rumo ao ônibus da equipe, enquanto Emerson agitava a área de entrevistas com uma seleção de pagodes. Ele só não destoou dos companheiros ao apostar na ajuda da Fiel, que promete invadir o estádio japonês.

“Onde a gente joga, é assim. Em casa ou fora de casa, a torcida sempre nos apoia, já foi assim na conquista da Libertadores. Vamos procurar dar o máximo por uma grande equipe, por uma grande torcida como essa”, disse Danilo.

Ídolo do Kashima Antlers, clube que defendeu entre 2007 e 2009, o meia conta também com a força de torcedores japoneses. Ele espera ver pintado de preto e branco o Toyota Stadium, uma das poucas arenas do país em que não jogou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade