Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Exame aponta estiramento, e Guerrero viaja ao Japão como dúvida

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Substituído no clássico do último domingo por conta de uma pancada no joelho direito, Paolo Guerrero foi ao CT do Parque Ecológico nesta segunda-feira para fazer exames. Os médicos apontaram um estiramento no ligamento colateral medial, o que põe em dúvida a participação do peruano no Mundial.

Ele ainda passará por novos exames, motivo pelo qual o clube prefere não estimar o período de afastamento dos gramados. Mas lesões desse tipo dificilmente requerem uma recuperação de menos de 15 dias, prazo que já deixaria o centroavante fora até da final, marcada para o próximo dia 16.

Apesar do problema, Guerrero está confirmado na viagem ao Japão. A delegação alvinegra embarcará na madrugada de terça para Dubai, onde fará um treinamento na quarta. De lá, o grupo seguirá para Nagoya, sua concentração até a estreia em Toyota, no dia 12, contra Auckland City-NZL, Sanfrecce Hiroshim-JAP ou Al Ahly-EGI.

A contusão do peruano é semelhante à sofrida por Emerson, em outubro, em partida contra a Portuguesa. Depois de sofrer um estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito, o atacante teve uma recuperação estimada em três ou quatro semanas e acabou levando mais de um mês para atuar novamente.

A notícia foi mal recebida por Tite, que tinha armado o Timão com Guerrero na área e obtido bons resultados. Se for confirmada a ausência do camisa 9, é provável que Emerson faça o papel de falso centroavante, abrindo espaço para a entrada de um jogador de beirada, provavelmente Jorge Henrique.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade