Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Timão trabalha jogadas com Guerrero para superar zaga do Al Ahly

Toyota (Japão)

Só o início do treino de reconhecimento do Toyota Stadium foi aberto, mas 15 minutos foram suficientes para observar coerência entre o que Tite vem dizendo nas entrevistas e o trabalho em campo. A ideia é usar Guerrero para permitir a infiltração de quem vem de trás e surpreender a lenta defesa do Al Ahly.

Ralf, Paulinho, Danilo, Douglas e Emerson trocaram passes com a orientação de acionar o peruano, que se posicionou na região da meia-lua, de costas para o gol. Tabelar com ele e penetrar no miolo do sistema defensivo egípcio é o plano na partida marcada para as 8h30 (de Brasília) desta quarta-feira.

A atividade fechou uma longa preparação. O Timão sabia desde o início de julho que estaria na atual situação e usou as seis rodadas finais do Campeonato Brasileiro com o único objetivo de chegar preparado para a competição no Japão.

“Não vamos abrir mão do que conquistamos, batalhamos muito para que este momento chegasse. Agora é ir para dentro e ser merecedor do que buscamos aqui. Temos o direito de sonhar”, afirmou o técnico Tite, na última de suas incontáveis respostas sobre ansiedade nos últimos cinco meses.

AFP
Tite espera que o Corinthians saiba usar o peruano Paolo Guerrero para chegar à rede em Toyota

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade