Futebol/Mundial de Clubes - ( )

Tite exige bom astral e revela emoção de cortado Guilherme

São Paulo (SP)

Mesmo impedido de disputar o Mundial de Clubes pela Fifa, Guilherme deixou o Brasil junto com a delegação corintiana na noite de segunda-feira. Na véspera do embarque, o técnico Tite fez algumas exigências ao volante, entre elas manter o bom astral, e revelou que o atleta ficou emocionado.

Corintiano desde a infância, Guilherme se destacou pela Portuguesa e foi contratado pelo Corinthians no último dia 15 de agosto. Como chegou após o fechamento da janela de transferências internacional, data limite estabelecida pela Fifa para que os atletas joguem o Mundial, ele acabou cortado e substituído por Willian Arão.

Ainda assim, Guilherme manifestou o desejo de viajar ao lado da delegação. Diante do desejo do jogador, Tite marcou um encontro em sua sala e, antes de qualquer coisa, procurou deixar claro que o Corinthians esgotou as possibilidades para tentar inscrevê-lo no torneio.

“Fizemos tudo porque você mereceu, pelo trabalho que fez e pela qualidade que tem, estar entre os 23 inscritos”, iniciou Tite em seu discurso a Guilherme. Em seguida, o treinador avisou que o jogador ficará relegado a segundo plano durante toda a preparação.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O técnico Tite permitiu a presença de Guilherme no Mundial, mas exige bom astral do atleta cortado pela Fifa
“Se você for, vai ser preterido nos treinos. Vou dar mais atenção ao Arão e não a você. Vai ajudar nos treinamentos e ter um papel secundário. Quando entrar no quarto do hotel, não vai ficar muito contente, pensando em mandar a Fifa para não sei onde”, disse Tite.

De maneira franca, o treinador prosseguiu. “Não vou aguentar bico nem ficar carregando no colo. Precisa ter bom astral e contribuir com o grupo. Você sabe disso?”, perguntou o técnico a Guilherme. “Ele me olhou emocionado e respondeu: ‘Sei, professor. Quero estar junto’. A conversa acabou assim”, contou Tite.

Com uma delegação de 24 jogadores, o Corinthians deixou São Paulo na noite de segunda-feira com destino a Dubai. Depois de treinar um dia nos Emirados Árabes, a delegação segue para o Japão na quinta-feira. Já a estreia no Mundial está marcada para o dia 12 de dezembro, contra Auckland City-NZL, Sanfrecce Hiroshima-JAP ou Al Ahly-EGI.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade