Futebol/Bastidores - ( )

Após depoimento, Anselmo Ramon será indiciado por homicídio culposo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O atacante Anselmo Ramon, que atropelou dois ciclistas no estado da Bahia, prestou depoimento na 18ª Delegacia de Camaçari, e afirmou que tentou desviar de um cachorro e acabou perdendo o controle da direção, o que teria provocando o acidente que matou um dos ciclistas. O delegado Carlos Portela deu detalhes sobre o depoimento do jogador cruzeirense.

“Ele informou que seguia a aproximadamente 100 km/h. Ao passar por um quebra molas, um cachorro entrou na frente do veículo. Ele desviou para o acostamento, perdeu o controle da direção, capotou e acertou os dois ciclistas”, disse Carlos Portela.

Anselmo Ramon será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O também delegado, João Uzzum, afirmou que o jogador estava muito machucado e chegou a chorar em alguns momentos do depoimento.

“Ele não teria percebido que atropelou as pessoas porque perdeu momentaneamente os sentidos. Só recobrou quando foram prestados os primeiros socorros e aí tomou conhecimento de que havia atropelado os ciclistas. Ele disse que na tarde anterior ao acidente esteve em um churrasco em Lauro de Freitas, onde teria ingerido bebida alcoólica”, afirmou.

O avante celeste não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e mesmo assim dirige normalmente pelas ruas de Belo Horizonte. Para esclarecer o acidente, outras pessoas podem ser ouvidas, uma delas poderá ser o amigo do jogador, que estava em outro veículo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade